DESAPOSENTAÇÃO. Julgamento previsto para a sessão plenária desta quarta-feira (29) no Supremo Tribunal Federal (STF), a partir das 14h.

Recurso Extraordinário (RE) 661256 – Repercussão Geral. Trata-se de Recursos extraordinários contra acórdãos proferidos pelo TRF-4 e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que discutem a chamada desaposentação. O acórdão do TRF-4, que concedeu a melhora da aposentadoria aos autores, e o julgado do STJ os dispensou de restituir ao poder público federal as quantias auferidas em razão da aposentadoria menos vantajosa. O INSS sustenta ofensa ao ato jurídico perfeito na concessão de benefício previdenciário e violação à garantia material da segurança jurídica, bem como que a pretensão de utilização de tempo de serviço posterior à aposentação, para transformação de uma aposentadoria proporcional em integral, é contrária à ordem democrática, uma vez que não possui autorização legal, além de ser vedada pela Lei 8.213/1991, artigo 18, parágrafo 2º. Ressalta, ainda, que a não devolução dos valores recebidos configuraria enriquecimento sem causa por parte do segurado, além de configurar injustiça em relação aos outros segurados que adiaram o momento de requerer o benefício.  O Tribunal reconheceu a repercussão geral da questão constitucional suscitada. O que está em discussão: saber se é possível a renúncia ao benefício previdenciário e a concessão de nova aposentadoria sem a devolução dos valores recebidos. O voto do ministro Luís Roberto Barroso (relator), deu parcial provimento ao recurso, o julgamento foi suspenso, será retomado nesta quarta-feira.

Fonte: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=278447

 
Compartilhe |

Comentários
Seja o primeiro a comentar!
 
Nome:
E-mail
Requirido.Formato inválido.
Código:
Verificação do Código: Requirido.
Comentário
Requirido.

 

 
 
    
Relacionados
DESAPOSENTAÇÃO. Julgamento previsto para a sessão plenária desta quarta-feira (29) no Supremo Tribunal Federal (STF), a partir das 14h.
Desaposentação

TAGs
Direito Previdenciário | Direito Penal | Direito Tributário | Direito do Trabalho | Direito Imobiliário | Direito Civil | Direito de Familia |
Indenização pelo atraso ou não entrega de obras
O atraso na entrega de imóvel adquirido na planta sujeita a construtora a indenizar o comprador por dano moral.

TAGs
Jovens que perderam os pais têm direito a benefício - INSS e IPE disponibilizam o custeamento das despesas em caso de necessidade econômica
Em entrevista ao Jornal do Comércio, Dra. Sonilde Lazzarin fala sobre a pensão por morte para jovens que perdem os pais.

TAGs
O Fator Previdenciário
Entenda o que muda caso a flexibilização do fator previdenciário seja sancionada - Matéria completa veiculada no jornal Zero Hora, com a participação da Dra. Sonilde Lazzarin

TAGs
Má prestação de serviço hospitalar que resulta em erro de diagnóstico gera dever de indenizar
A prática costumeira de examinar superficialmente os sintomas e mandar o paciente para casa, muitas vezes ministrando apenas um analgésico, pode levar o hospital a uma condenação indenizatória.

TAGs
Dra. Sonilde Lazzarin, em entrevista no Jornal Zero Hora (16/11/16), fala sobre a reforma da Previdência Social
Na entrevista concedida ao Jornal Zero Hora, Dra. Sonilde Lazzarin discorda da proposta de reforma por entender que as mudanças vão prejudicar os cidadãos das classes de renda mais baixa.

TAGs